| 

Cultura e Turismo

Alfenim de Agrestina é destaque em palestra sobre gastronomia no Festival de Inverno de Garanhuns

No último sábado (22) o doce alfenim, de Agrestina, foi destaque na Palestra: “Cozinha Patrimonial – territórios + Ação: Degustando a Cultura Local”, realizada no Instituto Histórico, Geográfico e Cultural de Garanhuns, como parte da programação do 27° Festival de Inverno.

Estiveram presentes o antropólogo, Raul Lody, o pesquisador, Benoit Paquereau, a artista visual e gastrônoma, Beth da Matta, o secretário de Cultura e Turismo de Agrestina e presidente da Astur, Josenildo Santos, José Otaviano (Cazuza) e sua família, agrestinenses produtores de alfenim, e a gastrônoma Ana Cláudia Frazão, assessora da linguagem de gastronomia da Secretaria de Cultura de Pernambuco.

O objetivo do evento consiste em ampliar o olhar para a gastronomia enquanto patrimônio cultural, pelo viés do território e cadeia produtiva, e não apenas sob um olhar mercadológico, com ênfase na valorização dos produtos originários do Agreste Meridional. Foram levantadas discussões acerca da bacia leiteira no estado, e realizada uma degustação de receitas com café, queijo e doces, a exemplo do alfenim produzido em Agrestina, que de forma totalmente artesanal detém a maior produção do estado.

“O município de Agrestina e a nossa gestão pública tem a preocupação de salvaguardar nossas identidades” disse o secretário de Cultura e Turismo de Agrestina, Josenildo Santos.

Na próxima sexta-feira (28) às 18h acontecerá a palestra “Receituários Tradicionais: Sabores que se perpetuam no tempo” e o lançamento do Livro de comedoria popular: Shakkar – A cultura do Açúcar e Saberes Tradicionais da Gastronomia de Pernambuco, de Ana Cláudia Frazão, que contempla o doce alfenim de Agrestina.

Fotos: Adriano Monteiro/ Decom - PMA