| 

Roteiro Desbravando




MATRIZ DE SANTO ANTÔNIO – MARCO ZERO
Paróquia centenária, fundada em 15 de dezembro de 1912, tem grande relação com o surgimento de Agrestina, pois a povoação da área começou a partir do momento no qual foi encontrada, por um dos transeuntes, uma imagem de Santo Antônio talhada em madeira. Atualmente, a Praça Padre Cícero e a Matriz estão localizadas na região considerada o Marco Zero da cidade.













VILA DE SANTA TEREZA
Localizada na zona rural, distante 5 km da cidade, a Vila de Santa Tereza também possui seus encantos e particularidades. A comunidade abriga uma relíquia cultural, a Capela de Santa Tereza, e é responsável pelo título espontâneo do município como a Capital Nacional do Chocalho, pela grande quantidade de peças produzidas e distribuídas por todo o país.














VILA BARRA DO CHATA
Fundada em 1854, a Capela de Nossa Senhora da Conceição é uma das mais antigas da cidade e está localizada na Vila Barra do Chata, a 8 km do município. A capela já recebeu diversas visitas ilustres, como o Missionário Capuchinho, Frei Damião. No dia da Santa Padroeira, 8 de dezembro, a comunidade realiza uma das mais tradicionais festas religiosas da zona rural.










PONTE DA CAPIVARA
A Ponte sobre o Rio Una, quase centenária, é localizada no Sítio Capivara, distante da sede 7 km. 















MONUMENTO CALDEIRÃO
O Monumento Religioso Caldeirão foi edificado no final dos anos 60 em homenagem a Nossa Senhora de Lourdes. O monumento está localizado sobre o reservatório de água conhecido na localidade por Caldeirão, no Sítio Água Branca, a 13 km da cidade.












VILA PÉ-DE-SERRA DOS MENDES
Localizada a 12 km de Agrestina, a comunidade guarda tesouros como casarios antigos e a cultura dos remanescentes de quilombolas, atualmente, com 180 famílias. Nas redondezas podem-se encontrar furnas, formações geológicas que, segundo a Fundação Cultural Palmares, serviram como abrigo para os escravos que fugiam em busca de esconderijo.












POTENCIAL ECOLÓGICO 
A zona rural chama a atenção em Agrestina. Na Serra do Jardim resquícios do bioma da Mata Atlântica abrigam diversas espécies vegetais e animais, representando o misto da fauna e da flora típicas da região Agreste do Estado.  Já a unidade de conservação ambiental, a Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Serro Azul serve de potencial para o Ecoturismo e o Turismo de Estudo.