| 

Desbravando Agrestina


O Desbravando Agrestina pretende trazer para o atual cenário os elementos e fatos históricos não conhecidos, além de continuar trabalhando os três principais elementos da cidade: chocalho, Mazuca e alfenim. No âmbito cultural será ressaltado o trabalho do artesanato local, manifestações populares, bate-papo cultural, teatro, música e dança.  A diretoria de Turismo desenvolveu um roteiro no qual será possível conhecer os principais pontos históricos, entre eles a Capela de Santa Tereza, localizada na vila que recebeu o mesmo nome; a Ponte sobre o Rio Una no Sítio Capivara, erguida em 1945 e oriunda da arquitetura holandesa; o monumento religioso de Nossa Senhora de Lourdes na comunidade de Água Branca; e a Capela de Nossa Senhora da Conceição, construída em Barra do Chata, no ano de 1854. Todos esses localizados na zona rural do município.

Para dar início ao turismo pedagógico, foi firmada uma parceria com a Secretaria de Educação através da qual 90 estudantes das escolas municipais farão parte do Projeto Jovens Desbravadores. Os alunos participaram das oficinas de Turismo Básico e Fotografia e ao final desta etapa conheceram a rota turística do município para fazer fotografias, que mais tarde fizeram parte da exposição ‘Memórias de Agrestina'.