| 

História
























            O final do ano de 1845 foi uma época em que os sertões sentiram os efeitos de fortes crises, motivadas pelo rigor de uma seca devastadora. Os sertanejos diariamente migravam, para o agreste ou litoral de Pernambuco atraídos pela fartura da zona canavieira.

            Naquele tempo, existia uma pequena fazenda onde atualmente está localizada a cidade de Agrestina. Atraídos pelas límpidas águas que jorravam espontaneamente do terreno, um pequeno grupo de trabalhadores sertanejos, resolveu dar a nascente uma feição permanente, cavando um pequeno poço para o abastecimento da população e dos animais, denominando-o de BEBEDOURO ( Comenta-se que a origem do município deu-se às margens do Rio Mentiroso ).

            Não havendo nas proximidades outra fonte de água potável, novos moradores foram se instalando em torno do bebedouro, surgindo então os primeiros casebres de taipas, cobertos de telhas, formando este lugarejo, que começou a progredir, inicialmente chamado de Bebedor das Queimadas e posteriormente chamado de BEBEDOURO.

            Na história de Agrestina, a influência da religião segue paralela à realização humana. As famílias que se instalaram na região, iniciaram a exploração do terreno quando encontraram uma imagem de Santo Antônio talhada em madeira, esquecida no local por algum transeunte. O senhor Miguel Joaquim da Luna Freire, julgando se tratar de um milagre a aparição da imagem naquelas terras, fundou com a ajuda dos respeitáveis senhores: Antônio da Silva e José Januário de Assunção, uma capela em homenagem ao santo, futura Matriz de Santo Antônio.
Com o passar dos anos, Bebedouro torna-se um aglomerado de pessoas dispostas a transformá-la numa vila e posteriormente numa cidade.

 
MARCOS HISTÓRICOS

•28-06-1884 - Fundado o Distrito de BEBEDOURO pela Lei Provincial Nº 1829;
•20-08-1900 - Criado o Distrito de BEBEDOURO pela Lei Municipal Nº 991;
•1911 - Bebedouro é Distrito de Altinho;
•11-09-1928 - Emancipação política. O Decreto Estadual Nº 1931, criou o município de Bebedouro, com território desmembrado do município de Altinho;
•15-11-1928 - Eleição do 1º Prefeito, Cel. Manoel Alves da Silva;
•31-03-1938 - Bebedouro é termo judiciário da Comarca de Caruaru e figura como Distrito da sede;
•19-06-1940 - Foram modificadas as divisas do município de Bebedouro com Bezerros, São Joaquim do Monte, Cupira e Altinho, pelo Decreto Lei Estadual Nº 503;
•31-12-1943 - O Município de BEBEDOURO passou a denominar-se AGRESTINA, permanecendo constituído por um só Distrito.
Foi estabelecida a divisão territorial vigente pelo Decreto Lei Estadual Nº 952;